Franchising Ou Negócio Próprio

Franchising ou negócio próprio

Existe uma questão com a qual se pode deparar quando pensa em abrir um negócio: Optar por um franchising ou criar uma marca própria?

Por vezes, já tem o seu financiamento disponível e está pronto para iniciar o seu negócio, contudo esta questão cria dúvidas e inseguranças na tomada de decisão. Com base nos 13 anos de experiência nesta área, criamos 4 pontos-chave, que o/a vão ajudar a decidir.

 

  1. Notoriedade da marca: Ao iniciar um negócio, é natural que um dos seus objetivos seja que a “sua” marca seja reconhecida pelo público e se torne uma referência. Ao escolher um franchising, esta questão está facilitada, uma vez que a marca já investe em comunicação, estando estabelecida e desenvolvida de forma a ganhar “brand awareness”, o que irá facilitar o arranque do negócio e ter uma influência direta nos resultados do mesmo. No caso de optar por iniciar um negócio próprio, este será um investimento financeiro e uma tarefa adicional a contemplar no seu business plan, criando de raiz uma estratégia de marketing que lhe permitirá ser reconhecido no mercado.

 

  1. Facilidade em iniciar o negócio: Uma das grandes vantagens do franchising, é o facto de permitir ao franchisado que o arranque do negócio seja mais ágil uma vez que, o franchisador já tem o know how, business plan e planos de marketing definidos. Isto poupa tempo e investimento ao novo franchisado e permite que a abertura do negócio seja melhor estruturada e mais eficaz, o que resulta em melhores resultados financeiros, desde o arranque do negócio.

 

  1. Partilha de preocupações e tomadas de decisão– Ao optar por iniciar o seu negócio em franchising, as suas preocupações e decisões são divididas com o franchisador e assim reduzidas, reduzindo também a ansiedade associada a este processo de criação e arranque. Muitas das grandes decisões estratégicas e de negócio já foram anteriormente pensados pelo franchisador, que lhe dará um suporte sólido na criação de soluções e esclarecimento de dúvidas. No caso de optar por iniciar uma marca própria, todas as decisões estarão nas suas mãos conferindo-lhe liberdade, mas também um enorme peso adicional na responsabilidade de cada decisão.

 

  1. Suporte constante- Como referido anteriormente, o franchisador já tem o know how do negócio e por esse motivo, não só no arranque do mesmo, mas ao longo de todo o desenvolvimento e funcionamento da sua unidade, o franchisado tem sempre uma estrutura de apoio profissional e experiente a quem recorrer. Este suporte garante muita segurança ao franchisado e permite-lhe encontrar mais facilmente soluções para os desafios que possam surgir, de forma acompanhada e com conhecimento de mercado.
Back To Top